Kam Chancellor encerra a greve e volta ao Seattle Seahawks

Mesmo com contrato até 2017, jogador queria uma renovação antes do início da temporada, mas acabou sem aumento e multado

Kam Chancellor

Veja Também

Depois de pedir aumento de 1000%, Vikings demitem seu mascote
‘Sacos de pancadas’ vencem na mesma rodada pela 1ª vez na história
Tony Romo quebra a clávicula e desfalca Cowboys

Após duas derrotas seguidas, o torcedor do Seattle Seahawks tem pelo menos um motivo para comemorar. Nesta quarta-feira (23), o safety Kam Chancellor anunciou que irá encerrar sua greve na equipe em busca de um novo contrato com a equipe.

Chancellor, que tem contrato até 2017, queria uma renovação já antes do início desta temporada em busca de melhores salários. Ele recebe atualmente US$ 4,5 milhões por ano, valor considerado baixo para um dos melhores defensores da liga.

Sem acerto com a equipe, o jogador anunciou que não iria participar dos treinamentos, pré-temporada e foi ausência até do início da temporada regular.Por sua ausência, Kam já deve mais de US$ 2 milhões de multa aos Seahawks

“Negócios podem esperar até o fim da temporada. Eu vou ajudar meus companheiros que estão entendendo minha posição e os que não estão entendendo. Deus perdoa todos, por que não eu? Eu e Marshawn Lynch começamos essa missão há dois anos. Não posso deixar meu amigo na mão”, disse Chancellor, em mensagem à ESPN dos Estados Unidos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário